Pitanga - riqueza da mãe natureza!

Já procurou saber os benefícios desta linda planta?

Pitanga - riqueza da mãe natureza!

 Você já experimentou o chá desta frutinha linda e super rica?

Já procurou saber os benefícios desta linda planta?

A pitangueira é originária do Brasil, nativa da Mata Atlântica, desenvolve-se bem em locais de clima quente e úmido com boa distribuição de chuvas durante o ano, é bastante sensível ao frio e não resiste a geadas. Pode ser encontrada nas regiões subtropicais do Brasil, de Minas Gerais ao Rio Grande do Sul. Além de outros países como Ilha da Madeira (Portugal), Américas do Sul, Central, Norte e África.

As folhas da pitangueira quando jovens têm coloração avermelhada, deve-se esperar até elas ficarem verdes para que então tenham efeitos terapêuticos. A frutificação da Pitangueira ocorre de outubro a janeiro. Pertencente à família das Myrtaceae a palavra pitanga tem origem do tupi-guarani, pi'tãg que significa vermelho, principal cor da fruta. A infusão de folhas da pitangueira é utilizada há anos pelos índios, tendo muitas de suas indicações comprovadas cientificamente. As folhas são constituídas por éster, flavonóides, óleos voláteis e polifenóis. Os frutos são constituídos por vitaminas A, C, B2, cálcio, ferro, fósforo, possuem propriedades antioxidante devido carotenóides (licopeno).

* Tratamento terapêutico da folha da Pitangueira (Eugenia Uniflora): Possuem substâncias (fenobarbital) que ajudam a prolongar o sono, tratamento de febre, doenças estomacais, hipertensão e hipotensor (diminui a pressão arterial), obesidade, reumatismo, bronquite, problemas cardiovasculares e reidratação nos casos de intestino solto. Tem ação antioxidante, calmante, anti-inflamatória e diurética. Na sua composição destacam-se as antocianinas, pigmentos antioxidantes; os carotenóides, importantes na prevenção de doenças degenerativas, como doença arterial coronária, catarata e câncer; e os fenóis, que funcionam como anti-inflamatórios celulares. Atuam sobre o câncer, protegendo o DNA celular contra mutações com possibilidade de levar à formação de um câncer.

Vamos fazer o chá da forma correta? Segue a receitinha.

Você vai precisar de 3 colheres (sopa) de folhas de pitangueira e 1 litro de água filtrada.  Junte a água e as folhas de pitangueira em uma panela e leve ao fogo. Assim que levantar fervura, desligue e tampe a panela. Mantenha abafado por 05 minutos. Nunca deixar a folha do chá fervendo por muito tempo porque todas as propriedades benéficas são perdidas. Depois coe e em seguida deguste.

Posologia: Tomar de 2 a 3 xícaras do chá de pitanga ao longo do dia, preferencialmente entre as refeições principais (café da manhã, almoço e jantar);

Contra-indicacões: Pessoas cardíacas;

Cuidados: O chá é diurético e, por isso, não pode ser ingerido em excesso. Também é importante comprar a erva novinha e de preferência orgânica. E são encontradas em loja especializada, para evitar possíveis confusões.

* Observação importante, alimentos que possam interferir nos níveis de saúde do organismo devem ser consumidos sob orientação de um profissional de sua confiança.

E o mais legal é que a Folha de Pitanga orgânica está pertinho de você, no Empório Natural SUAVE ESSÊNCIA localizado na Av.Antonino Dias Bastos, 1065-Centro-São Roque-SP.

Não deixe de desfrutar dos presentes que a natureza nos doa com tanta riqueza!

Esperamos por vocês!

Com carinho,

Eliana Vita

CRT.41314

Psicoterapêuta Holística

Consultas e Informações: (11)4719-1048

Instagram:@suaveessenciasemgluten

Facebook: Suave Essência-Produtos, Naturais, Funcionais e Orgânicos.

Foto

Eliana Vita

ver mais

mais de Eliana Vita

Comentários:

1