Criatividade nos momentos de crise

É extremamente estimulante ouvir depoimentos de pessoas que se saíram de situações difíceis com criatividade.

Criatividade nos momentos de crise

Uma das coisas que estimulam a criatividade é a própria necessidade, como a fome somada a recursos escassos disponíveis na cozinha (e na carteira, pois se houvesse dinheiro, provavelmente pediria uma pizza). Quantas receitas deliciosas foram criadas em um dia de geladeira e despensa vazias… Aqueles poucos itens que sobraram e nunca antes tinham sido combinados, acabaram fazendo parte de um novo prato.

O cozinheiro está aberto a ideias de ingredientes, temperos e modos de preparo inéditos sem diminuir a higiene ou a qualidade, mantendo a receita saudável e saborosa. Para isto, está disposto a vivenciar transformações através do fogo, do gelo e das próprias combinações entre os alimentos.

É extremamente estimulante ouvir depoimentos de pessoas que se saíram de situações difíceis com criatividade. E como existem relatos assim para ouvir e como existe gente assim para nos ensinar algo! Sei que não é o assunto mais comum de uma conversa, mas bem que poderia ser. Já pensou se antes de reclamar ou fofocar cada pessoa tentasse motivar a outra, sem a pretensão de passar uma “fórmula do sucesso”, apenas mostrando superações possíveis?

Desemprego, perda do poder aquisitivo, separação, doenças, descontrole emocional, aumento do número de dependentes, dívidas, são alguns exemplos do que pode nos levar a um limite de nossa capacidade. Nestes momentos podem vir à tona talentos desconhecidos e ideias super produtivas. O que funcionava antes pode não funcionar mais, a moderação às vezes dará lugar a medidas mais drásticas e você descobrirá a força que tem. Pense que é temporário e adapte-se.

Sempre que estiver no meio da crise financeira, lembre-se do cozinheiro que aproveitou o recurso que tinha, planejou e ousou, respeitando seus princípios e objetivos, mas disposto a aprender. Dinheiro circula mesmo, o que foi perdido hoje provavelmente poderá ser recuperado amanhã, descubra como! Novas fontes de renda, novas formas de usar melhor o dinheiro, economizar, investir ou uma combinação de tudo.

Foto

Andréa Voûte

Desde 2002 Andréa Voûte ajuda pessoas a lidarem melhor com o seu dinheiro individualmente, em família ou nas micro e pequenas empresas. Foi bancária e hoje é Consultora financeira e palestrante na Voute Contar. Autora do livro Finanças pessoais uma gestão eficaz, criou vários cursos, controles e métodos de consultoria e planejamento. contato@voutecontar.net.br

ver mais

mais de Andréa Voûte

Comentários:

1