Autêntico, graças a Deus

Autêntico, graças a Deus

Ser autêntico é chique e motivador, é um sinal de evolução. Imitar é brega, a cópia não costuma ser igual, pois falta a ela a essência do criador. Às vezes, vemos alguém aproveitar uma ideia e vesti-la com sua própria essência. Pode ficar bom, mas nunca será original. Não terá a coragem do pioneiro, mas pode-se tentar aprender com a experiência dele. Representar para manter as aparências desgasta demais, é um esforço grande que chega a um resultado vazio e constantemente é perseguido pelo medo de ser desmascarado. Interiormente sabemos que o “ter” não substitui o “ser” e o “parecer ter” é pior ainda. Deixar-nos levar pelos acontecimentos sem saber quem realmente somos nos priva de viver nossa plenitude. Trabalhar em equipe e pensar no coletivo são coisas da maturidade, sem anular-se para fazer parte de um grupo.

Ser você mesmo é uma delícia! Permite que você torne-se excelente em algo (ou em algumas coisas) embora consciente de suas falhas. Por ironia é justamente quando desistir da perfeição e fizer algo por prazer que receberás aplausos. Livra a você da carga de tentar agradar aos outros e curiosamente é aí que muitas vezes conquistará as pessoas. Proporciona alívio e relaxamento, abrindo espaço para a felicidade, mas não nos 365 dias do ano. A verdade tem uma nobreza incrível e uma beleza insubstituível!

Quanto às finanças, procure a receita certa para você, compatível com sua competência, seu nível de esforço e seu padrão de vida; a despesa que se encaixe em seus valores e suas prioridades, o investimento adequado ao seu perfil de risco e suas metas. Dicas nem sempre ajudam, o que é ótimo para o outro não necessariamente terá o mesmo efeito em você e pode ser frustrante tentar. O dinheiro em si também não resolve tudo sozinho. Embora eu seja agradecida a todos aqueles que, em algum momento, me deram ajuda financeira teórica ou prática, aos que dispuseram do seu tempo e dinheiro, eu sei que no final coube a mim decidir o que fazer com eles.

Foto

Andréa Voûte

Desde 2002 Andréa Voûte ajuda pessoas a lidarem melhor com o seu dinheiro individualmente, em família ou nas micro e pequenas empresas. Foi bancária e hoje é Consultora financeira e palestrante na Voute Contar. Autora do livro Finanças pessoais uma gestão eficaz, criou vários cursos, controles e métodos de consultoria e planejamento. contato@voutecontar.net.br

ver mais

mais de Andréa Voûte

Comentários:

1