O que fazer após as festas para reduzir os efeitos do exagero?

A alimentação deve ser feitas de três em três horas para evitar a hipoglicemia

O que fazer após as festas para reduzir os efeitos do exagero?

- Foto: Reprodução/Internet

Os nossos principais órgãos digestivos são o estômago, vesicular, fígado e intestino. Eles precisam de um empurrão para funcionar de maneira plena. O rim, um órgão adjuvante nesse processo, também precisa de ajuda. Afinal, muitas das impurezas ingeridas serão eliminadas por ele.

De uma maneira geral podemos dizer que a alimentação deve seguir uma característica geral, mas também podemos ajudar os órgãos de maneira bem especifica:

Elimine do seu cardápio por um ou dois dias:

- qualquer tipo de carne (vermelha, frango ou peixe): por serem proteínas animais e terem gordura exigem um maior trabalho digestivo;

- bebidas alcoólicas, pão, açúcar, queijo leite ou qualquer tipo de produto industrializado.

Todos esses alimentos necessitam de mais força do aparelho digestivo e do funcionamento do fígado para serem digeridos e processados.

A alimentação deve ser feitas de três em três horas para evitar a hipoglicemia (queda do nível de açúcar, muito comum ao se exagerar muito em bebidas alcoólicas, doces/carboidratos).

Os principais sintomas de hipoglicemia são: fraqueza, suores, falta de concentração, cansaço físico e mental.

Alimentação liquida essencialmente para repor tudo que foi eliminado na véspera com uso de bebidas alcoólicas. A bebida alcoólica é um agente de desidratação.

O ideal para otimizar a eliminação de toxinas é fazer exercícios leves que ajudem a suar ou fazer sauna. As toxinas são eliminadas no suor, por exemplo.

Fazer drenagem linfática seria maravilhoso ou escovar o corpo para ativar a circulação sanguínea.

De maneira especifica, o que podemos fazer pelos nossos órgãos segue abaixo.

Para melhorar o trabalho do estômago:

- Evitar ingerir gorduras e alimentos sólidos. Isso facilita a digestão. O ideal é uma dieta liquida ou pastosa. Chá de espinheira santa, hortelã, gengibre ou erva doce – todos aceleram a digestão dos alimentos consumidos.

- Adicione gengibre nos sucos, pois é uma raiz altamente digestiva e acelera a perda de gordura.

Para melhorar o trabalho do intestino e rim:

- Aumentar o consumo de água, chás e sucos: podemos falar em água de coco, suco de abacaxi com hortelã, sucos verdes com maçã, aipo, gengibre e couve, chás de ervas como cavalinha, hibisco, dente de leão, hortelã, capim limão.

- Chá de dente de leão, cavalinha, hibisco, erva doce ou cabelo de milho ajuda a ter uma retenção de líquidos menor. Suco de maçã com couve + aipo - efeito detoxificante, energético e diurético.

- Consumir muitas frutas, sucos não coados, etc., pois quanto mais fibra, mais saciedade e maior será a eliminação do conteúdo ingerido nas festas.

- Aumentar o consumo de alimentos com alto conteúdo de líquidos como: alface, abacaxi, melancia, abobrinha. Perde-se muita água com alta ingestão de bebidas alcoólicas. Também conseguimos nos hidratar com consumo de frutas e hortaliças

Para melhorar o trabalho do fígado e vesicular:

- Aumentar o consumo de folhosos e legumes que aumentam a detoxificação: brócolis, couve-flor, couve, repolho, brotos, folhas de mostarda etc., pois estimulam enzimas no fígado responsáveis pela eliminação de toxinas de maneira mais rápida. Os folhosos de sabor mais amargo são ótimos, pois ativam o funcionamento do fígado e da vesícula biliar a eliminar toxinas e a melhorar a digestão. Exemplos: agrião, rúcula, etc.

- Consumo de frutas cítricas ajudam a detoxificar o organismo. Tome pela manhã antes do suco uma xícara de chá de água morna com limão espremido dentro e uma raspinha de gengibre. Usar durante o dia alimentos que deixam o pH mais alcalino. Quanto mais alcalino for, melhor a capacidade de eliminar toxinas - limão, laranja, couve, agrião, rúcula, chicória, rabanete, alface, pepino e lentilha. Evite tomate e cenoura que são um pouco mais acidificantes.

Sucos funcionais desintoxicantes para preparar o organismo para as festas de final de ano:

Opção um: - 1 copo (200 ml) de água + 1 colher de sopa de couve (crua – orgânica) + 1 folha de chicória + 2 folhas de hortelã + 1 pitada de gengibre em pó + 1 limão espremido

Opção dois: - 1 copo (200 ml) de água + 1 colher de sopa de couve (crua – orgânica) + 1 folha de chicória + 1 cenoura média crua + 1 maçã pequena

Opção três: - 1 copo (200 ml) de suco de melancia (2 fatias médias) + 2 folhas de hortelã + 1 pitada de gengibre em pó + 1 colher de sobremesa de semente de linhaça.

Opção quatro: - 1 copo (200 ml) de suco de abacaxi (3 fatias) + 2 folhas de hortelã + 1 pitada de gengibre em pó + 1 colher de sobremesa de semente de linhaça.

Opção cinco: - 1 copo (200 ml) de suco de morango (5 unidades) + 2 folhas de hortelã + 1 pitada de gengibre em pó + 1 colher de sobremesa de semente de linhaça.

 

Foto

Josimara Grinholli

ver mais
Publicidade:

mais de Josimara Grinholli

Comentários:

1