Trabalhar por dinheiro: cuidado!

Trabalhar por dinheiro: cuidado!

- Foto: Reprodução/Internet

Todas as pessoas trabalham diariamente para diversos objetivos comuns na vida entre elas: sua sustentabilidade e de sua família, realização de seus sonhos materiais, crescimento profissional, status, realização, satisfação, entre outros.

Apesar dos objetivos serem diferentes sabe da importância da remuneração mensal dos profissionais para sua sobrevivência. O dinheiro faz parte dessa realização e retorno do esforço realizado. Não levaremos em conta o valor e quanto merecemos ganhar, mas sim o quanto colocamos o dinheiro como principal objetivo do nosso trabalho.

Evidente que para tudo que precisamos e que queremos adquirir ou construir precisamos do dinheiro, mas trabalhar apenas pensando nele poderá trazer problemas sérios de saúde física e mental em nossas atividades profissionais.

E importante que esse desejo de ganhar seja equivalente à satisfação do que realizamos. O gosto de nosso trabalho, ver a importância do que e feito e como isso impacta dentro do processo da organização e observar o nosso valor dentro desse contexto.

Isso gera um bem estar e aquela sensação de acordar todos os dias e gostar do que fazemos e como consequência nossa remuneração mensal. Essa sintonia precisa existir, pois cada dia aparece mais casos de pessoas que adoecem em seus empregos , não suportam o que fazem , reclamam de suas atividades e a segunda-feira parece uma tortura.

Lembre-se que ter amor pela profissão e o primeiro passo. Caso não esteja satisfeito com que o que faça e o quanto ganha, comece a fazer um planejamento de transição de carreira ou a evolução de onde está.

Trabalhar com o que amamos junto com uma remuneração e o sonho de todos os profissionais, lembrando que passamos 1/3 de nossa vida no ambiente de trabalho.

Até a próxima

Prof. Paulo Eduardo Galvez Júnior

Professor , Empresário

[email protected]

Foto

Prof. Paulo Eduardo Galvez Júnior

ver mais

mais de Prof. Paulo Eduardo Galvez Júnior

Comentários:

1