Mudança de Governo: e agora?

Mudança de Governo: e agora?

- Foto: Reprodução/Internet

A agitação política tem sido o grande assunto do momento. Na última semana tivemos o afastamento da presidenta, assumindo assim um novo governo.

Independente da questão e preferência política interessante refletirmos sobre os próximos passos e como devemos pensar do ponto de vista profissional e de nosso mercado de trabalho.

Todos concordam com a crise que estamos passando, com o aumento do desemprego, as dívidas públicas com rombos ainda não calculáveis, a falta de confiança de investidores, a inflação e a depressão que se encontra o pais.

Ao assumir um novo governo sem questionar partidos, ideologias, e outros argumentos políticos todos temos a obrigação de pensar que precisa dar certo. Independente de quem esteja no comando as reformas precisam acontecer para que o Brasil volte ao seu rumo e sua estabilidade econômica.

O grande problema e que com a verdadeira guerra política que foi criada os únicos prejudicados somos nós que sofremos com todos os fantasmas como inflação, falta de investimento, desvalorização de nosso dinheiro, desemprego assombrando e politicas educacionais e de saúde praticamente congeladas para assistirmos o show.

Lembrando que os grupos que estão na briga e disputam o poder ganhando ou perdendo continuarão a receber seus salários, suas regalias, passagens áreas, planos de saúde 5 estrelas, residências e demais mordomias que nós brasileiros pagamos através de nossos impostos e trabalho.

A esperança e o pensamento positivo têm que ser nosso objetivo. Claro que devemos ter nossa posição política, nossa crítica e lutarmos por aquilo que achamos que é correto, mas não devemos ser o do contra e torcer para que der tudo errado daqui em diante com o novo governo apenas para poder falar eu avisei, eu disse e outras frases que não irão em momento nenhum contribuir conosco para a volta de nosso crescimento profissional e do mercado de trabalho que se encontra perdido , sem rumo e ainda com reflexos da falta de administração pública nos últimos anos.

Até a próxima!

Foto

Prof. Paulo Eduardo Galvez Júnior

ver mais

mais de Prof. Paulo Eduardo Galvez Júnior

Comentários:

1