Caramanchões, Pergolados e outros

Caramanchões, Pergolados e outros

- Foto: Divulgação

Certa vez, conversando com uma cliente, percebi que o conceito que ela tinha sobre trepadeiras, se resumia à espécie Ficus pumilla, popularmente conhecida por ‘unha de gato’. Cheguei a essa conclusão ao tentar sugerir aela que colocássemos uma trepadeira no muro dos fundos de sua casa, ideia que ela rejeitouveementemente na mesma hora. Não argumentei no momento, mas ao longo da nossa conversa, apanhei meu computador e fui mostrar algumas opções de plantas, incluindo algumas das opções de trepadeiras. Qual não foi a surpresa dela ao saber que haviam outras opções, que essas possuíam flores e perfumes e ainda não demandariam tanta manutenção de podas. Consegui convencê-la e hoje ela está feliz com a sua parede coberta pelo Jasminum polyanthum, jasmim dos poetas. São muitas as espécies de trepadeiras que podem e devem ser usadas em muros, caramanchões e pergolados. Claro que, as características de cada planta devem respeitadas, para que não haja comprometimento do bom desenvolvimento delas. Seguem algumas das opções mais belas e charmosas, na minha opinião:

Para a fixação dessas trepadeiras que não possuem gavinhas, ou sistema de fixação próprio, a sugestão para usá-las em muros é fixar ganchos nas paredes e usar cabos de aço (caso as distancias sejam altas ou longas), e/ou fios de nylon (fios de pesca) que além de serem bastante resistentes, ainda são invisíveis até que a planta cresça e esconda toda a instalação.

Dedico esta publicação à minha amiga Neide da cidade de Taboão da Serra/SP, pela dica de que eu ainda não havia publicado nenhuma matéria sobre trepadeiras de caramanchões e pergolados. Se você tem alguma sugestão para uma matéria ou deseja mais informações sobre outras trepadeiras, entre em contato: [email protected]

Foto

Maria José Barros (Mazé)

ver mais
Publicidade:

mais de Maria José Barros (Mazé)

Comentários:

1