Caminho do Sol (3ª parte): Chegando lá

Caminho do Sol (3ª parte): Chegando lá

- Foto: Divulgação

O terceiro e último dia de nossa aventura amanhece com uma chuva branda e constante. Não tem preguiça, não tem dor, não tem cansaço, não tem chuva. Hoje a vontade de partir rumo à conquista e ao encontro à minha família é maior que tudo. 50km será pouco!

              O café da manhã atrasa. Como diz nosso guru Oro, “Tudo tem uma razão de ser. Estão preparando nosso caminho”.

              Seu Jesus nos orienta mais de uma vez para não pegar o último trecho, pois estaria perigoso. Guardamos suas palavras, nos despedimos e seguimos. Algumas pessoas ficam na nossa vida por muito tempo, outras passam rápido, mas todas têm sua contribuição, todas têm a sua importância.

              O caminho está muito pesado, muita chuva e claro muita lama. O visual é fantástico, entre fazendas de gado e montanhas brancas pela neblina. Pense nos dias difíceis: será que tudo é realmente ruim? Olhe a paisagem maravilhosa que te cerca! Caberá a você escolher.

              Alguns contra tempos com as bicicletas, mas nada que o conserta tudo da equipe, Rafael, não resolva. Percebo a equipe alegre, alguns já pensando na próxima aventura, outros relembrando momentos ocorridos a pouco. Chegamos rapidamente a uma cidade. Hoje o pedal rendeu. Pegamos o caminho alternativo do Senhor Jesus. Seguir os experientes, pode nos conduzir mais facilmente.

              Avistamos a entrada de Águas de São Pedro, a emoção começa a tomar conta. Família, filhos, esposas e amigos nos esperam. O último quilômetro começa e tem um gosto amargo do fim com o doce da conquista. Chegamos! Tocamos o sino e seguimos em silêncio a última trilha numa pequena mata que leva a uma grande cruz que marca a chegada. A festa é grande. Gerson, Rafael, Oro, Aldrigo e eu, cinco meninos que fizeram uma grande brincadeira e cresceram, aprenderam um pouco sobre a vida, sobre o Mundo, sobre o caminho e principalmente sobre si.

              O reencontro com a família se torna o momento de maior emoção para mim. Os abraços, o beijo, as lágrimas me trazem a realidade, concretizam a felicidade que encontrei em cada metro percorrido. A busca terminou onde começou: em mim.

              Faça o teu caminho! Faça tua busca! Faça a tua conquista!

 

Djalma Nogueira

Um conquistador do caminho

Foto

Djalma Nogueira

ver mais
Publicidade:

mais de Djalma Nogueira

Comentários:

1