Mudanças em São Paulo

Mudanças em São Paulo

- Foto: Divulgação

Em 2015 estive em São Paulo e observei algumas mudanças.

Poucas pessoas agora compram bilhetes de metrô pois a maioria utiliza cartões magnéticos. Eu era sempre a única na bilheteria e gostei muito pois nunca tinha fila de espera.

Andei em um ônibus articulado somente para ver como era e achei que o ônibus balançava muito. Não cheguei a andar em ônibus biarticulado. Deve ser difícil para os motoristas fazerem curvas, mas com certeza cabe um bocado de gente nestes ônibus.

São Paulo está coberta por ciclo-faixas o que vejo como um progresso importante visto que bicicletas não poluem o meio-ambiente. No entanto me surpreendeu a cor vermelha pois em alguns outros países em que estive as ciclo-faixas são de cor verde para indicar umavia de transporte ecológica.

Amei o fato de agora haver muitas temakerias espalhadas pela cidade e também rodizio de comida japonesa. Desde 1990 sou apreciadora da culinária japonesa, o que me forçava a ir ao bairro da Liberdade pois sólá se encontrava este tipo de comida.

Outra coisa que me surpreendeu positivamente foram os food trucks em diversos locais e com uma grande variedade de comidas. Em contrapartida não vi as antigas peruas que vendiam cachorro-quente.

Gostei muito do Museu da Língua Portuguesa e do Museu do Futebol que fica no antigo estádio do Pacaembu. Infelizmente o Museu da Língua Portuguesa foi incendiado e destruído ainda enquanto eu estava em São Paulo.

Minha visita favorita foi ao Aquário de São Paulo que fica no bairro do Ipiranga. Não por causa dos peixes, pinguins e tubarões, pois já vi isso tudo em outros lugares do mundo, mas sim devido ao casal de urso polar. Eles são realmente lindos! Enquanto o macho dormia, a fêmea deu um verdadeiro show de natação e mergulho. Absolutamente adorável!

Também acompanhei as notícias de violência e corrupção pelos telejornais e fiquei chocada com os mensalões do PT e do PMD, e pior ainda com o gigantesco caso de corrupção na Petrobras, conhecido como Lavajato.

Encontrei muitos estrangeiros afrodescendentes pelas ruas de São Paulo vendendo todos os tipos de bugigangas e quinquilharias; atrapalhando a livre circulação dos transeuntes pelas calçadas da cidade.

Assisti pela televisão duas quadrilhas de narcotráfico comandadas por nigerianos sendo desmanteladas e os afrodescendentes nigerianos sendo presos; como se o Brasil já não tivesse traficantes e malfeitores suficientes!

Achei tudo muito caro no Brasil. O dólar equivalendo quatro Reais e a economia desacelerada.

Aproveitei para comprar selos (dos Correios) da Olimpíada 2016 e também comprei no Banco do Brasil algumas moedas de um Real com alguns dos esportes olímpicos.

Revi meus familiares e amigos, conheci pessoas novas muito queridas e reatei laços familiares com minha única tia e sua linda família. Beijo grande tia Conceição!

Daqui mais cinco eu volto....

Foto

Sandra Maria Duarte

Sandra Maria Duarte é Professora, geógrafa e psicanalista e vive na Índia O Melhor Blog sobre a Índia é Sucesso entre Jornalistas e Professores. Tema de tese de Doutorado, Mestrado e diversos TGs. Fonte da novela Caminho das Índias. https://indiagestao.blogspot.com

ver mais
Publicidade:
Publicidade:
Publicidade:

mais de Sandra Maria Duarte

Comentários:

1