2016 vem aí!

2016 vem aí!

- Foto: Reprodução/Internet

Mais um ano se vai, 2015 está prestes a terminar! Vem ai 2016!

Como balanço não podemos negar que 2015 não foi nada bom. Momento difícil pra o Brasil e para o mundo. Para o mundo porque não se consegue o diálogo entre os povos, porque ainda estamos cheios de intransigências, de preconceitos e sobretudo de falta de humanidade e amor ao próximo. Vemos o tempo todo guerras, pessoas se matando e tirando a vida de inocentes em nome de um fanatismo religioso.

No Brasil, o cenário não é diferente, embora não estejamos em guerra a violência cresce a cada dia. Em 1980 tínhamos 11 mortos para cada 100.000 pessoas, em 2014 a taxa de homicídios foi de 25,8 para cada 100.000 habitantes, de acordo com o Mapa da Violência. Das 50 cidades mais violentas do mundo o Brasil tem 19, sendo a primeira João Pessoa na Paraíba. E como resolver o problema? A resposta não é difícil. Pesquisas revelam que os países com maior Índice de Desenvolvimento Humano – IDH – tem taxas irrisórias de homicídios. Os países com índice mais elevado tem taxa de 1,8 por 100.000 habitantes. No Brasil são gastos cerca de 260 bilhões em segurança pública e apenas 8% dos homicídios são apurados. A solução é investir em educação e saúde, o que eleva o IDH e reduz a criminalidade.

Mas, além desses problemas que nos afligem há anos, essa ano particularmente foi bastante turbulento. Estamos atravessando duas grandes crises, política e econômica, uma puxando a outra. Em meio a esta turbulência a credibilidade do país vai por água abaixo e os investidores fogem e levam seus recursos – tão importantes para geração de negócios, empregos e impulsionar a economia – fazendo com que o país fique estagnado, sem produção e sem geração de riqueza. Esta lastimável situação em que o país se encontra está atrelada a uma crise política, que na verdade revela uma grande crise moral em que vivemos. Os políticos estão desacreditados, as instituições idem, a cada semana temos novos escândalos, novas prisões e menos credibilidade.

Quem sabe se de tudo isso possamos tirar proveito fazendo uma limpeza que há muito tempo o país precisa. Vamos pensar dessa forma, e torcer para que em 2016 tenhamos um cenário melhor e políticos melhores – se é que é possível – mas, não podemos perder a esperança e temos que continuar tentando!

Desejo à todos os leitores um feliz natal e um 2016 cheio de paz, amor, saúde e grandes realizações! Vamos festejar!

 

 

Foto

Ricardo Rios

ver mais

mais de Ricardo Rios

Comentários:

1
mgid.com, 554900, DIRECT, d4c29acad76ce94f