Receita Caseira

Receita Caseira

- Foto: Reprodução/Internet

Arranque,

Arranque a roupa,

Tome um banho bem longo

Solte um berro profundo.

Coma,

Coma tudo o que puder,

Beba tudo o que vier

Fale sem parar,

Palavras sem sentido

Pare de respirar,

Emudeça.

Ande ao léu,

Sem destino,

Sem parada.

Esvazia-se das impressões,

Dos padrões.

Jogue fora o restante

Desprenda-se do exigido.

Oscile o humor,

O  sentimento,

O querer.

Oscile simplesmente.

Tombe,  não se segure

Levante só quando quiser.

Chore a dor indeterminável

Celebre o prazer fugido

Abrande a fome insaciável

Depois de digerir,

Expila o que não caiu bem, o inaproveitável

Vomite sem pudor e sem rancor

Conheça

Conheça seus anjos e demônios

Conheça-se nu e só.

Então comemore,

Comemore você

Sirva-se cru e nu,

Sem preparo,

Fora do tempo,

Imprevisível.

Experimente o nonsense

Sem planejar,

Fluindo naturalmente.

Siga o ritmo que abre e fecha.

Abandone-se e não esperneie, apenas deslize.

Incomode.

Deixe ser explicitamente

Não se importe com o que pensam.

Continue,

Continue desajustado.

Dissemine a sua verdade dentre todos que se escondem.

Nunca se sujeite para o amarem

Com condição amor não será.

Ao seguir esta receita até aqui,

Chegou no ponto:

Relaxe,

Deite e durma

Durma o sono dos íntegros,

Sem saber se amanhã

Acordará com paixão e desilusão.

Diante do amanhecer inesperado,

Não desista

Não desista jamais de ser quem é.

Nem pela exaustão, nem pela pressão.

Aguente e acredite.

Valerá a pena viver completamente sem dissimulação.

Foto

Regina Helene de Oliveira O'Reilly

ver mais
Publicidade:

mais de Regina Helene de Oliveira O'Reilly

Comentários:

1