Sexo na paraplegia em homens

Sexo na paraplegia em homens

- Foto: Reprodução / Internet

Na época em que eu estudava na FMUSP tínhamos que visitar alguns setores do HC. Uma destas visitas foi ao setor de traumatologia onde ficam as pessoas que sofreram algum tipo de acidente e não podem mais se locomoverem como antes.

Uma lesão não medula espinhal que faz parte do sistema nervoso central e fica contida na coluna vertebral, pode levar a pessoa lesionada a uma paraplegia (perda dos movimentos dos membros inferiores) ou a uma tetraplegia (perda dos movimentos dos membros inferiores e superiores).

As causas mais comuns de lesão medular são: ferimento por arma de fogo, acidente de automóvel/motocicleta, e queda de altura (como cair de escada). A população mais atingida é composta por adultos jovens entre 18 e 35 anos de idade do sexo masculino.

Veias, glândulas, pênis e escroto ligados a medula espinhal através de nervos, apresentam alterações de suas funções quando ocorre lesão da medula e a fertilidade masculina fica comprometida para fins de procriação.

Os homens paraplégicos podem ter dois tipos de ereção, dependendo do nível da lesão medular:

Ereção Reflexa: é uma ereção rápida e involuntária, que ocorre segundo estímulos diretos dos genitais.

Ereção Psicogênica: é uma ereção voluntária, que ocorre segundo estímulos visuais, da memória, de sons e cheiros e não somente de estímulos diretos dos genitais.

Muitos paraplégicos tem ejaculação retrograda, onde o sêmen é eliminado na urina. A ejaculação pode ser induzida com o uso de um eletrovibrador.

Segundo a pesquisadora Ana C. Mancussi e Faro da USP “a maioria dos homens paraplégicos afirma ter alguma sensação no pênis e nas regiões próximas aos genitais... houve modificação nas áreas de prazer ou zonas erógenas. A maioria citou pescoço, costas e tórax como áreas que ao serem acariciadas, causam sensação de prazer”.

Antes de manter relação sexual primeiramente urine e em seguida lave o pênis com sabonete neutro e seque-o bem especialmente ao redor do prepúcio.

Identifique em você e em sua parceira as regiões do corpo que dão prazer ao serem acariciadas e toque estas regiões para criar excitação sexual. A ereção pode ocorrer naturalmente ou por meio de estimulação manual ou oral. O pênis deve ser estimulado continuamente até o momento da penetração.

As posições mais indicadas para o ato sexual são as com o homem deitado na cama e a companheira por cima dele ou o homem sentado e a companheira por cima dele. Nestas duas posições a parceira pode estar frente a frente com o homem ou pode também estar com as costas voltada para ele. O casal que não tiver excesso de peso pode ainda manter relação com ambos deitados de lado um de frente para o outro.

 

Fonte: Alteração da Função Sexual em Paraplégicos da Escola de Enfermagem da USP.

Por: Sandra Maria Duarte

Foto

Sandra Maria Duarte

Sandra Maria Duarte é Professora, geógrafa e psicanalista e vive na Índia O Melhor Blog sobre a Índia é Sucesso entre Jornalistas e Professores. Tema de tese de Doutorado, Mestrado e diversos TGs. Fonte da novela Caminho das Índias. https://indiagestao.blogspot.com

ver mais

mais de Sandra Maria Duarte

Comentários:

1