Obesidade entre os profissionais da saúde

Obesidade entre os profissionais da saúde

- Foto: Reprodução/Internet

IMC (kg/m2)

Classificação

< 16

Magreza grau III

16.0 - 16.9

Magreza grau II

17.0 - 18.4

Magreza grau I

18.5 - 24.9

Adequado

25.0 - 29.9

Pré-obeso

30.0 - 34.9

Obesidade grau I

35.0 - 39.9

Obesidade grau II

>= 40

Obesidade grau III

A tabela acima foi elaborada pela Organização Mundial de Saúde (1995 – 1997)

A Obesidade grau II é considerada severa e a obesidade grau III é considerada mórbida.

Nos últimos anos conheci uma psiquiatra, que está com a cirurgia bariátrica marcada para a próxima semana. Uma psicóloga e uma nutricionista que tem obesidade grau II (severa). E um outro psicólogo e uma outra nutricionista que tem obesidade grau III (mórbida).

Um médico psiquiatra da rede pública de Guarulhos já fez a cirurgia bariátrica mas após três anos e meio, está voltando a engordar.

Mediante estes fatos, resolvi fazer uma rápida pesquisa para tentar descobrir por que os profissionais da saúde andam enfrentando problemas com o controle de peso. Infelizmente, nada descobri. Pesquisei então no Google Acadêmico, mas também não encontrei nenhum estudo específico em relação aos profissionais da saúde. Entretanto, encontrei diversos estudos sobre a obesidade em crianças e adolescentes e dezenas de explicações psicológicas sobre a obesidade de um modo geral.

Psicólogos de renomados institutos brasileiros e estrangeiro publicam seus artigos em revistas científicas explicando os diversos aspectos psicológicos que levam a obesidade. Li dez destes artigos. Cada um trata de um aspecto psicológico diferente, mas não ajudaram a responder a questão: Por que justamente, psicólogos, psiquiatras e nutricionistas que fizeram faculdade, estudaram sobre o assunto e tem conhecimentos de nutrição e psicologia, são obesos de grau II e III?

Como confiar em um profissional da saúde que não consegue se autocontrolar e se autoajudar? Ou a obesidade vai além de fatores nutricionais e psicológicos?

Um dos artigos que li menciona fatores culturais e econômicos, onde atualmente a população tem acesso a uma maior variedade de alimentos e poder aquisitivo para adquirir estes alimentos. Creio que ainda há muito para se estudar nesta área e para se descobrir. Enquanto isso, se eu tiver que me tratar, vou preferir uma nutricionista, uma médica e uma psicóloga que não sejam obesas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Foto

Sandra Maria Duarte

Sandra Maria Duarte é Professora, geógrafa e psicanalista e vive na Índia O Melhor Blog sobre a Índia é Sucesso entre Jornalistas e Professores. Tema de tese de Doutorado, Mestrado e diversos TGs. Fonte da novela Caminho das Índias. https://indiagestao.blogspot.com

ver mais

mais de Sandra Maria Duarte

Comentários:

1