Declaração dos Direitos da Mulher e da Cidadã

Declaração dos Direitos da Mulher e da Cidadã

- Foto: Reprodução/Internet

Na época da Revolução Francesa (que você já estudou no ensino médio), uma mulher chamada Marie Gouze, redigiu a Declaração dos Direitos da Mulher e da Cidadã em 1791.

 

Como ela era uma mulher perspicaz, Marie Gouze percebeu que Maximilien Robespierre, um dos principais líderes da Revolução Francesa, não estava mais seguindo as diretrizes estabelecidas pelos revolucionários e ela se opôs a ele.

 

Como é comum de acontecer, o poder subiu a cabeça de Robespierre e ele começou a mandar matar todas as pessoas que opunham-se a ele. Assim sendo, Maximilien Robespierre mandou Marie Gouze para a guilhotina em 1793.

 

Sendo um machista arrogante, Robespierre ignorou completamente a Declaração dos Direitos da Mulher e da Cidadã escrito por Marie Gouze.

 

Até hoje os homens comuns e políticos de todos os países do mundo, não reconhecem e não aceitam esta declaração. E sei com certeza que jamais aceitarão a igualdade entre homense mulheres. Reconhecer uma mulher como igual, significa para os homens rebaixarem-se, pois as mulheres sempre foram vistas como seres inferiores.

 

Em 1948 foi aprovada a Declaração Universal dos Direitos dos Humanos que resguarda os direitos humanos em sua totalidade e não em especial os direitos da mulher como queria Marie Gouze. Muitos países que são signatários desta declaração não respeitam em nada os direitos das mulheres, como é o caso da Arábia Saudita, Afeganistão, Paquistão, e muitos países da África, Ásia e Oriente Médio.

 

As mulheres continuam se omitindo em reivindicar seus direitos como cidadãs e seres humanos e portanto esta situação vai perdurar por outras centenas de anos.

 

A verdade é que as mulheres não participam da vida política de seus respectivos países. Elas não gostam de política e continuam delegando poder aos homens. Elas ainda não criaram a consciência de que as políticas tomadas pelos homens as afetam diretamente.

 

Vou deixar aqui para vocês o link da integra da Declaração dos Direitos da Mulher e da Cidadã escrita em 1791 e nunca levada a cabo. Sei que a maioria não se interessa, no entanto gostaria de destacar o que mais concordo nesta declaração:

- Preâmbulo

- Artigo 4º

- Artigo 13º

- Conclusão

 

Link: http://www.direitoshumanos.usp.br/dh/index.php/Documentos-anteriores-%C3%A0-cria%C3%A7%C3%A3o-da-Sociedade-das-Na%C3%A7%C3%B5es-at%C3%A9-1919/declaracao-dos-direitos-da-mulher-e-da-cidada-1791.html

 

Por: Sandra Maria Duarte

 

Foto

Sandra Maria Duarte

Sandra Maria Duarte é Professora, geógrafa e psicanalista e vive na Índia O Melhor Blog sobre a Índia é Sucesso entre Jornalistas e Professores. Tema de tese de Doutorado, Mestrado e diversos TGs. Fonte da novela Caminho das Índias. https://indiagestao.blogspot.com

ver mais

mais de Sandra Maria Duarte

Comentários:

1